terça-feira, 23 de novembro de 2010

Confissões # 6

Não há nada que mais deteste do que viver na incerteza e tu não me dás certezas de nada . Não consigo , simplesmente não sou capaz de viver desta maneira , não sou capaz de querer acreditar que desta vez vai tudo correr bem quando não és capaz de me demostrar nada . Eu sei que não imagino coisas , sei que olhas para mim da mesma forma que eu olho para ti mas não vou aguentar prender tudo o que sinto enquanto espero por respostas tuas que teimam em não chegar . Dizem-me para esperar e dar tempo ao tempo mas sou simplesmente demasiado impaciente para o conseguir . Por isso agora vou ignorar-te e simplesmente fingir que me és indiferente , pode ser que assim te apercebas de algo importante antes que seja demasiado tarde e aí já não haja volta a dar .



5 comentários:

NiSousa disse...

Por vezes é mesmo a melhor coisa a fazer amor...

Amo-te (L)

Ana Patricia :) disse...

siim pois é. a maioria das pessoas so se apercebe da falta que alguem faz quando a perde...

vou muitooo a tempo, alias !

lp* disse...

obrigadaa (;
gostei do post, concordo, muitas das vezes quando ignoramos alguem é que esse alguem se apercebe que afinal nos existiamos e lhe fazemos falta

Maria Viana disse...

isso já me aconteceu muitas vezes x:
esta lindo, o blog!
vou seguir, segue tambem o meu*
beijinho*

Ana Patricia :) disse...

eninguem melhor que tu e eu para sabermos esta realidade

LY teletubie